Quer conhecer um jogador de poker famoso? Te apresento OITO
Variedades

Quer conhecer um jogador de poker famoso? Te apresento OITO

Home / Blog & News / Quer conhecer um jogador de poker famoso? Te apresento OITO
February 02, 2021 5:45 pm | por DM Créditos

Não é segredo para ninguém que um jogador de poker famoso, que deixa seu nome marcado no esporte, consegue ganhar, além do reconhecimento, muito dinheiro. Isso porque o jogo tem alto índice de ganho e movimenta torneios – como o World Series of Poker – com prêmios avaliados em milhares de dólares ao redor mundo.

Além das competições, ainda é possível acumular grandes quantias de dinheiro e crescer com as apostas online, sem nem mesmo precisar sair de casa. Esses caminhos já levaram vários jogadores ao sucesso e continuam rendendo bons frutos para muitos que decidem investir na carreira.

Muitos são figurinhas carimbadas em torneios importantes ao redor do mundo, como o Legends of Poker World Poker Tour e a European Poker Tour, além da própria World Series of Poker. Com as várias realizações no esporte e carreiras consolidadas, eles acabam se tornando exemplos vivos para os iniciantes mais atentos, que além de livros e torneios menores, se inspiram nas histórias deles para traçar a própria trajetória. 

Inspire-se!

 Abaixo, listamos alguns dos jogadores mais importantes do universo do poker, os que mais se deram bem financeiramente, além de terem conseguido alcançar o sucesso e se tornarem verdadeiras lendas do esporte.

Eles acumulam décadas de carreira (alguns até já se aposentaram) e milhões de dólares nas contas bancárias, tudo alcançado apenas em mesas de poker ao redor do mundo. Alguns têm histórias impressionantes, com relatos de que teriam começado a se interessar pelo esporte logo na infância, além de desistirem os estudos e se arriscarem nas mesas em várias regiões. 

Muitos chegaram a acreditar que não conseguiriam seguir na carreira, já que não alcançaram o sucesso de primeira. No entanto, apesar das histórias diferentes, todos acabaram se tornando lendas do poker em algum momento e até mesmo superaram uns aos outros em recordes importantes, como jogador mais lucrativo ou mais novo a alcançar os topos mais altos do ranking mundial. Confira: 

Daniel Negreanu

O canadense de 46 começou a se dar bem muito cedo no poker. O feito inclusive o rendeu o apelido de “Kid Poker”. Ao todo, Negreanu já faturou mais de R$ 17 milhões em ganhos com torneios de poker. Só no World Series of Poker, ele conseguiu obter algum retorno financeiro mais de 80 vezes – e saiu campeão várias outras vezes.

Ele carrega ainda o título de jogador mais jovem a vencer o WSOP. Em 2005, Negreanu foi eleito o melhor jogador do torneio e, apenas um ano antes, também já havia sido eleito o melhor do World Poker Tour, competição da qual também já foi campeão.

Mas, apesar de todo o sucesso conquistado atualmente, a situação nem sempre foi assim. Quando era mais novo, o canadense chegou a se mudar para Las Vegas para tentar investir na carreira profissional de jogador, mas os planos não deram certo e ele precisou voltar para o país de origem.

Mais recentemente, em 2013, o jogador, que abandonou os estudos no colegial para apostar em cassinos ilegais com a namorada da adolescência, venceu novamente o WSOP na Europa e, na mesma noite, foi eleito o melhor jogador do ano no torneio. Um ano depois, Negreanu voltou a ganhar milhões na competição, se tornando o jogador de poker mais lucrativo em eventos ao vivo no mundo.

Phil Hellmut

Conhecido como “The Poker Brat”, Phil Hellmut nasceu no Wisconsin, nos Estados Unidos. Aos 56 anos, ele acumula dez títulos do World Series of Poker, inclusive o de campeão do Main Event, o evento principal. Quando tinha apenas 24 anos, ele se tornou o jogador mais jovem a vencer o WSOP.

O talento do jogador o rendeu, além dos títulos e dos prêmios, milhares de seguidores nas redes sociais e chegou a inspirar artigos e livros que falam sobre estratégias para torneios, como é o caso do livro batizado de Kill Phil. 

Phil Hellmut também já bateu outros recordes, como o de maior vencedor da história do WSOP em 2007. A competição, inclusive, já rendeu a ele mais de oito milhões de dólares em prêmios. 

Doyle Brunson

Outro estadunidense, Doyle Brunson integra o Hall da Fama do Poker há 33 anos e é considerado um dos maiores jogadores do Brasil. Justamente porque está há muitos anos fazendo sucesso no ramo, acumula um valor menos expressivo – mas ainda grande – em premiações, já que começou a vencer quando as recompensas ainda eram mais baixas do que atualmente. 

Assim como muitos colegas, Brunson começou a carreira em cassinos ilegais de sua cidade Natal e, pouco depois, já estava viajando por diversas regiões dos Estados Unidos para participar de jogos maiores. Mais tarde, conseguiu dois sócios (dos quais acabou se afastando eventualmente) e se mudou para Las Vegas, de onde sua carreira deslanchou.

Em 2018, Brunson decidiu que estava na hora de se aposentar, após meio século como jogador profissional. Em seu último jogo oficial no WSOP, foi aplaudido de pé pelo público que estava no local. Antes disso colecionou prêmios da competição e de outros torneios, como o Legends of Poker World Poker Tour e o World Poker Tour. O total dos lucros que ele obteve com o esporte enquanto ainda estava na ativa passava dos seis milhões de dólares.

Phil Ivey

Conhecido como “Tiger Woods do Poker”, Phil Ivey deu os primeiros passos no poker quando ainda era criança, ao lado do avô no estado de Nova Jersey. Na época, ele aprendeu algumas regras básicas e foi desenvolvendo suas habilidades, até que, na adolescência, já jogava valendo dinheiro. Atualmente, ele acumula dez vitórias da WSOP e já embolsou mais de 20 milhões de dólares em torneios ao vivo. 

Além das vitórias, Phil ainda era associado da Full Tilt Poker e ganhava, apenas com a parceria, cerca de 920 mil dólares por mês em lucros da empresa. O contraste com o início da carreira é drástico, já que na época, ele não conseguia ganhar dinheiro suficiente para sobreviver apenas como jogador de poker e precisava revezar a carreira com outros empregos. 

Apesar de ter se consolidado como um grande campeão dos torneios ao vivo, Ivey também é um nome forte no mundo do poker online e é considerado por profissionais da área como um dos melhores jogadores do mundo. Ivey é o jogador com maior número de participações em mesas finais da World Poker Tour: ao todo, ele já esteve em nove finais, das quais foi consagrado campeão e saiu com mais de um milhão e meio de dólares em uma.

Ele também conquistou dez braceletes da Série Mundial de Poker, tornando-se o jogador mais jovem a alcançar este feito no mundo. O sucesso é tamanho que, há alguns anos, Ivey chegou a lançar um curso online após inúmeros pedidos para que ele encontrasse alguma forma de compartilhar dicas, estratégias e um pouco da experiência que adquiriu ao longo dos anos e que o levou a se tornar um dos maiores do mundo no poker.

Justin Bonomo

Um dos mais jovens da lista, Justin Bonomo nasceu nos Estados Unidos em 1985. Quando tinha apenas 19 anos, ele viajou para a França para participar da European Poker Tour e, além de ficar em 4º lugar, se tornou o jogador profissional de poker mais jovem a aparecer em uma transmissão televisionada de uma mesa final do torneio. 

E essa é apenas uma da lista de dezenas de mesas finais nas quais Bonomo já esteve. Só na World Series of Poker, ele já participou de 19 mesas finais. A competição ainda rendeu a ele 55 prêmios e mais de 14 milhões de dólares de recompensa.

Em 2018, ele chegou a provar que era um dos gigantes do mundo após ultrapassar outro jogador que aparece nesta lista em um feito importante. Naquele ano, Bonomo foi apontado como o número um na lista de jogadores mais lucrativos em jogos ao vivo. O feito foi a maior vitória de sua vida até então e acrescentou 10 milhões de dólares em sua conta bancária. 

Bonomo também obteve grande sucesso em eventos online. Ele saiu vencedor de diversos torneios, entre eles o Super High Roller Bowl Online, do qual é o atual campeão. Ao todo, o jogador já faturou quase 50 milhões de dólares com o poker.

Erik Seidel

Aos 61 anos, Erik Seidel é um dos grandes nomes do poker no mundo, mas nem sempre foi assim. Antes de se dedicar integralmente ao esporte, ele trabalhava como comerciante de Wall Street. Seidel também tem uma ligação curiosa com o mundo do cinema.

A mão que ele perdeu para Johnny Chan logo na primeira vez que participou de um torneio principal, o WSOP, foi parar em um filme que aborda a temática do poker. O episódio é retratado no longa-metragem Rounders: Cartas na Mesa, lançado em 1998.

O jogador, que nasceu em Nova Iorque, conquistou, em 16 anos, oito braceletes da WSOP – honraria dada apenas aos jogadores que ganham todos os eventos e considerada o prêmio mais importante que um jogador de poker pode receber, para além do dinheiro.

Há pouco mais de dez anos, Seidel, que ganhou mais de cinco milhões de dólares em prêmios de torneios, entrou para o Hall da Fama da World Series of Poker.

Antonio Esfandiari

Nascido no Irã, o jogador de 42 anos é conhecido por seus truques com fichas e famoso por ter aparecido em diversas atrações de televisão ao longo dos anos. Por causa de seu passado trabalhando como mágico, é conhecido nas mesas de poker como “The Magician”.

Ao todo, Esfandiari já ganhou mais de 22 milhões de dólares em torneios de poker. Em sua lista de vitórias, estão duas edições do World Poker Tour e do WSOP, do qual inclusive já saiu agraciado com o bracelete em três oportunidades. 

No início da década passada, Esfandiari conquistou o segundo maior prêmio individual da história do torneio de poker até então, um montante de mais de 18 milhões de dólares.Ele também chegou a ser eleito o maior vencedor de torneios de poker de todos os tempos, título que mais tarde perdeu para Daniel Negreanu.

O jogador, que se mudou de Teerã para os Estados Unidos quando tinha apenas nove anos, foi convidado para seu primeiro jogo de poker enquanto trabalhava como mágico e, desde então, não se afastou das mesas. Esfandiari é autor de um livro chamado WPT: In The Money e desenvolvedor de um jogo de estratégias de poker chamado “Os segredos do mágico para ganhar torneios no Insta Poker”, disponibilizado para o sistema iOS.

Bryn Kenney

Apesar de ser um dos nomes menos conhecidos da lista, Bryn Kenney não fica para trás no quesito faturamento. Desde 2019, ele é o líder no ranking de jogadores com maior faturamento em torneios de poker de todos os tempos. Ao todo, as mesas em competições profissionais já acrescentaram cerca de 55 milhões de dólares à sua conta bancária. Até então, Justin Bonomo era o líder, com pouco mais de 45 milhões de dólares em faturamentos. 

Apenas entre 2015 e 2019, Kenney faturou, em média, um milhão e meio de dólares por ano. Além de ser o primeiro no ranking do faturamento, ele também está no topo de uma outra lista de figurões do esporte no mundo. Kenney é o 4º jogador no ranking do Global Poker Index, índice que classifica 450 mil jogadores de poker ao vivo ao redor do mundo. Kenney, que jogava o jogo de cartas Magic: The Gathering antes de se dedicar integralmente ao poker, ganhou seu primeiro bracelete da WSOP em 2014.

Se inspirou com as histórias e quer se dedicar mais ao poker? Baixe gratuitamente o e-book da DM  que ensina tudo o que você precisa saber para jogar poker?